segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Atividade 4.5 Produto Multimídia

video

ATIVIDADE 4.4. PLANEJANDO A PRODUÇÃO DE UM DOCUMENTO MULTIMÍDIA – RELATO DO PROJETO PEDAGÓGICO.

A Escola de Educação Especial Brilho do Sol, preocupada com o aprendizado de seus alunos e principalmente a integração, socialização e valorização do seu potencial. Participa todos os anos desta maravilhosa campanha Cartão de Natal não importando a classificação e sim a participação de todos os alunos. Com esta campanha temos a oportunidade de divulgar a toda a sociedade sobre a causa da deficiência por meio do conhecimento e reconhecimento do potencial artístico dos nossos alunos. Além disso, promover a marca APAE aliando as mesma as confraternizações natalinas. Pretende-se conduzir uma série de atividades que facilitem a aquisição e construção de conhecimentos das tradições de natal pelos alunos de forma participativa, descontraída, buscando integrar a perspectiva de diversas áreas envolvendo aspectos históricos, sociais, culturais, biológicos, comerciais. Além disso, o mais importante é a campanha cartões de natal promovida anualmente pela Federação Nacional das APAES. São vinte e três (23) Federação Estaduais e 2090 (duas mil e noventa) APAES de todo Brasil.

RECURSOS UTILIZADOS:

1 – PESQUISA

- Diálogos e atividades da campanha Cartão de natal;

- Catálogos de cartões;

- Livro de histórias;

- Internet;

- Teatro e música;

- Laboratório de informática;

- Observação dos cartões do natal dos alunos das APAES de todo o Brasil;

- TV, vídeo, máquina fotográfica;

- Decoração do Pátio da escola – Boneco de neve;

- Colocação de pisca-pisca no jardim da escola;

- Montagem da árvore de natal e do presépio;

-- Montagem da gruta para apresentação dos alunos.

Atividade 4.3 Leitura, Reflexão e discussão sobre mídia-educação.


No texto de Silvio Costa Pereira, que mapeou atividades de mídias educacionais desenvolvidas em escolas na cidade de Florianópolis, ele concluiu que apesar da quantidade de ferramentas educacionais (mídias) Realmente realizando as atividades do Curso Ensinando com as TIC passei por muitas experiências novas, no qual na Escola que trabalho já tínhamos a nosso dispor diversas mídias como celulares, máquinas fotográficas, data show, acesso a internet em casa ou mesmo na escola na sala de Tecnologia, mas não eram aproveitados esses recursos para o aprendizado dos alunos, muitas vezes por falta de pratica ou mesmo não sabem atuar com essas tecnologias, mas quando passamos a utilizar vemos sua importância e passamos a exigir mais, dos responsáveis pelos recursos na escola. Precisamos então aprofundar ao elaborar uma proposta de trabalho envolvendo mídia-educação escolar analisar quanto ao planejamento os quesitos: agência - o interesse do envolvido na produção; categoria-notícia, esporte, novela, documentário, outros, seus formatos e características; tecnologias; audiência e representação.

Como Tutora da Universidade Luterana do Brasil, tenho percebido certo avanço na questão da utilização dos recursos.

Hoje vejo a importância do planejamento de aulas utilizando, por exemplo, a Internet, a TV, o som, computadores, etc., porém, ainda se tem a necessidade de melhores avanços, pois às vezes nós como profissionais ainda temos várias dificuldades em lidar com tais meios.

O grande destaque nesta fase da educação é o fato de todos estarem procurando se qualificar.

Atividade 4-2 - Navegando por Vídeos e outras Mídias

O objetivo dessa atividade despertou em mim um estímulo me mostrando à importância de enriquecer as minhas aulas. Através de sites que são riquíssimos para nos profissionais da educação especialmente nos docentes.Torna-se muito atrativo a nos e aos nossos alunos. Conteúdos educacionais digitais estão disponíveis hoje em grande escala web. Como, na prática, essas tecnologias podem facilitar a aprendizagem do aluno, qual deve ser a ação do professor, ele está conseguindo acompanhar os avanços tecnológicos da sociedade contemporânea mediada pelas tecnologias.

O estudo vem mostrar debates sobre a aprendizagem e interatividade, sobre as potencialidades dos conteúdos digitais na aprendizagem e como deve ser a ação do professor na sociedade contemporânea mediada pelas tecnologias.

Visitei alguns sites educacionais e fui registrando os links mais importantes:

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/

http://rived.mec.gov.br/site_.

http://www.dominiopublico.gov.br

http://tvescola.mec.gov.br

http://rived.mec.gov.br

http://www.cineduc.org.br

http://www.kinema.art.br

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

ATIVIDADE 4.1 - CONHECENDO OBJETOS EM MULTIMÍDIA.

Através de pesquisas e navegações livres pela internet já tinha visto diversas artes digitais, mas nunca havia pensado em quais recursos foram utilizados. Quando assisti aos vídeos disponibilizados em links no material do curso da Tic pude perceber a dimensão deste tipo de criação que é produzida em ambiente gráfico computacional o qual pode utilizar recursos dos mais simples e acessíveis aos mais complexo. De acordo com a pesquisa feita na wikipedia encontrei a seguinte informação: “Existem diversas categorias de arte digital tais como pintura digital, gravura digital, programas de modelação 3D, edição de fotografias e imagens, animação, entre outros.” “Tem o objetivo de dar vida virtual as coisas e mostrar que a arte não é feita só a mão.”

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Atividade 3.5

Conceito de Currículo e o Processo de Integração da Tecnologia ao Currículo

O currículo se organiza em uma construção permanente de práticas apresentando uma acepção notadamente histórica, social, cultural e interativa. Por conseguinte, distinguindo-se não apenas como uma coleção de conteúdos prontos a serem passados para os alunos, mas, como uma prática social pedagógica complexa. O estudo de currículo vem atualizando-se no que diz respeito a idéias ou convicções que requerem uma explicação sobre o fato que: os currículos são orientados pela dinâmica da sociedade. A visão tradicional do currículo está ligada ao fato de que a educação formal em muitas escolas está embasada na seleção de parte da cultura, que é re-elaborada e transmitida aos alunos. Define-se assim o currículo como o conjunto de conteúdos teóricos acumulados pela civilização.
A origem da palavra currículo – currere (do latim) – significa carreira. Assim, o currículo escolar representa a caminhada que os alunos farão ao longo de seus estudos, implicando tanto conteúdos estudados quanto atividades realizadas sob a tutela escolar. No âmbito da Educação o currículo é seguir metas e procedimento traçados para determinada área e para cumpri-las devemos utilizar as várias tecnologias, que integradas aos projetos transformam a prática pedagógica em um processo dinâmico e efetivo.
A integração das tecnologias e currículo é essencial para a prática pedagógica consciente e efetiva no desenvolvimento da capacidade de pensar, agir e aprender. Para alcançarmos esse propósito faz-se necessário entender o significado de currículo que aspiramos desenvolver e determinar as particularidades pertinentes das tecnologias a ser exploradas na prática pedagógica. Esclarecendo um pouco mais, a tecnologia é um recurso que torna mais eficaz o processo ensino e aprendizagem desde que usada sob a ótica de oportunizar e favorecer ao aluno a aprendizagem significativa, estando o professor como o mediador entre o sujeito e o objeto de estudo. Sendo assim, elas atuam como ferramentas que fornecem o suporte à construção de saberes e ressignificação de conceitos.
Compete ao professor promover a integração entre tecnologias e currículo,ele é que irá empreender a compreensão entre ensino e o uso das tecnologias adequando, adaptando sua prática. Para o desenvolvimento de projetos aliados à tecnologia faz-se necessário planejar fundamentando-se no currículo objetivando a produção de conhecimento. .O desenvolvimento de projeto no âmbito do currículo implica em levantar questões pertinentes aos alunos utilizando as diversas tecnologias oferecendo situações de investigação, coleta de dados, reflexão e ação que norteiem o processo ensino e aprendizagem.

ATIVIDADE -3.4


DESENVOLVIMENTO DO PROJETO NATAL



Para iniciar o Concurso Cartões de Natal da Federação Nacional das APAES; foi criado um pequeno projeto com a finalidade de desenvolver o espírito natalino nos alunos.
Nesta roda de conversa comentamos com os alunos que iríamos confeccionar cartões de natal conforme regulamento da Federação e que seria um desenho livre com o tema “Natal”, teria que ser criativo e bem elaborado e produzido com muita originalidade, mas que não se preocuparem, pois iríamos observar vários cartões de natal, desenhos e pesquisas no laboratório de informática também, para que compreendessem o verdadeiro significado histórico e religioso do natal.
Continuando a aula, contamos aos alunos “A Mais Bela História”, que fala sobre o nascimento do Menino Jesus. Foi uma história curta e bem simplificada. E para que os alunos pudessem entender melhor, fizemos à encenação da mesma. Juntos com os alunos, visualizamos alguns livros de histórias ilustradas de acordo com o tema.
Visitamos a manjedoura, a árvore de natal e o mural da escola com a decoração do tema natal, que já estava sendo montada em nossa escola.
Também contamos lendas e contos natalinos, onde improvisamos algumas dramatizações, como a Flor da Noite de Natal. A lenda do pinheiro de natal etc.
Foi entregue as cartolinas no tamanho pedido no regulamento para a confecção dos cartões. Colocamos músicas natalinas enquanto os alunos desenhavam os seus cartões:
- Noite Feliz
- Burrinho de Belém
- Maria e o anjo - Anjos de Resgate